Eu vim a este deserto ardendo de vontade de gritar.







COPIA, DESVIA, PIRATEIA

 

    Copia, desvia, pirateia, ocupa, dá. Uma obra só é totalmente revolucionária desde que seja simultâneamente uma ação revolucionária. A luta contra a propriedade privada, intelectual ou outra, é nossa força de ataque contra a dominação presente. Trata-se de promover a abolição dos direitos de autor e também a gratuidade , a doação. A doação é esta ação autruista e intemporal que destrói o valor da troca, o dinheiro e o ato de troca em si. Trata-se dessa possibilidade de generalizar para entrar em uma humanidade maior, interessada no bem comum. Trata-se de sair das relações de mercado para inventar uma nova relação com as pessoas e com o mundo, a única que pode constituir a base de uma nova sociedade. O caráter revolucionário de um tal passo reside no fato de dizer que o que a humanidade criou pertence à humanidade. Como em outros lugares, é preciso expropriar os expropriadores. Eu não digo nada mais do que aquilo que pode ser a forma mais compacta do programa revolucionário do tempo presente: tudo para todos.